gimba @ 17:53

Seg, 08/02/10

Pode acontecer a qualquer um. Você tem um casamento estável, uma família feliz e uma posição invejável como director num banco espanhol. Tudo sobre rodas. Porém – a vida tem destas coisas – está prestes a acontecer um pequeno grande caso com uma morena deveras interessante que lhe tem andado a dardejar olhares pecaminosos lá no ginásio. Mais tarde ou mais cedo haveria de  chegar o dia em que aquela “reunião até tarde”, que nunca foi mentira, passaria a ter um segundo sentido: Você vai ter realmente uma “reunião”, que vai ser – como sempre foi – “até tarde”, mas agora os negócios são outros: O seu “homólogo de Madrid” é afinal do Bairro Azul, e não é “homó...” nada. É uma mulher!




gimba @ 12:22

Qua, 25/11/09

Por motivos profissionais tive que deslocar-me a Barcelona – a bela capital da Catalunha, aninhada e protegida pelas suas montanhas.
O hotel onde fiquei não podia ser mais central – o Prestige, no Paseo de Gracia, mesmo em frente àquela que considero a mais bonita fachada de Gaudí (diz-se Gaudí), a “Casa Batlló”.


 




gimba @ 08:42

Qui, 10/09/09

Já tenho saudades – e não são poucas – da velha Feira Popular, de Entrecampos, bastião de folia e enfardanço do mais tipico que Portugal já teve.
A Feira Popular já pertence ao passado. Àquele passado que não volta mesmo mais. Contemporânea dum certo Parque Mayer, da “Rádio Crime” (de Patilhas e Ventoínha), e de uma maneira de ser lisboeta que se apagou, varrida por doses maciças de globalização amorfa e estrangeirada - que vamos consentindo e adoptando em nome da modernidade - é mais uma daquelas riquezas que Lisboa perde no seu caminho rumo à descaracterização total que os políticos mais saloios prepotentemente nos impõem, e que as novas gerações herdam sem se dar conta do que é, ou foi, ser bom português, e neste caso particular - alfacinha.





gimba @ 09:02

Sab, 18/07/09

O haxixe - pó esverdeado resultante da fricção da perigosíssima planta Cannabis numa espécie de peneira, e depois prensado para ocupar menos espaço nos apertados meandros desse jogo do gato e do rato chamado narcotráfico – é uma substância de uso corrente em todo o mundo, e Lisboa não foge à regra. Pelo contrário: a dois passos do estreito de Gibraltar – funíl físico para a passagem dessa “droga maldita” da África para a Europa, Lisboa é a capital mais próxima, e mesmo que não fosse, ocupa uma posição estratégica privilegiada no seu escoamento por terra e mar.




gimba @ 12:37

Ter, 10/02/09

Já não era sem tempo! Lisboa fica um bocejo sem elas. Vem o mês de Agosto e é sempre a mesma coisa: Ao princípio sentimos a falta de não se sabe bem o quê… Parece que a cidade está diferente, mas não sabemos explicar a lacuna. E desculpamo-nos com a invasão de turistas, os animais abandonados ou os calores do estio. É a monótona silly-season. Mas... esperem… «silly» faz-nos lembrar qualquer coisa… Mas não é ainda suficiente… Ah, eis que chega Setembro e o mistério fica resolvido! É claro como água! As “tias” estão de volta!




gimba @ 02:46

Sab, 10/01/09

O Bairro-alto, tal como o conhecemos hoje - enorme e povoada metrópole da noite alfacinha - era por alturas do pós-25 d’Abril um sítio inseguro e perigoso, paraíso por excelência da prostituição e chulagem da mais decadente que Lisboa já viu. Terreno proibído a estranhos, consentia apenas entrada a jornalistas e a estudantes do conservatório, sendo todos os intrusos ao negócio da carne afastados amávelmente do local – polícia inclusivé! Era um território impenetrável, de “facas na liga”, absolutamente fora da lei!




gimba @ 01:00

Sab, 09/07/05

No último domingo, milhares de curiosos esgotaram os ingressos, a cerveja e o sémen no Salão Erótico Internacional de Lisboa. Muitos homens, claro; mas também casais – de todas as idades - e algumas meninas para compôr o ramalhete. Já toda a gente sabe que havia strip-tease, espectáculos eróticos, zona hard, zona fetiche, actrizes a granel, e como não podia deixar de ser, a zona gay.




Pesquisar
 
Arquivo
2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


subscrever feeds